JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 890
Quarta, 26 March 2014 09:56

Membro de facção criminosa foi preso em Matão Destaque

Escrito por
Avalie este item
(18 votos)

Capa Apreensao VideoO vulgo “Chambinho” foi preso na manhã desta quarta-feira (26) em operação das Polícias Militares de Matão e Araraquara. Até o helicóptero águia esteve em apoio ao cumprimento do mandado de busca e apreensão. Atualizado com vídeo e informações

 

Flavio José Francisco de Carvalho, conhecido por “Flavinho”, “Colgate” e “Chambinho”, 33 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira em um sítio próximo ao Sítio São João na Rodovia Washington Luis.

A operação, comandada pelo Capitão Henrique de Araraquara, contou com apoio do efetivo de Matão, sob o comando do Tenente Lopes da 4ª Cia de Polícia Militar da cidade. Segundo o Capitão Henrique, a operação foi desencadeada após informações e denúncias que davam conta de que “Chambinho” teria declarado que não seria preso e que receberia os policiais à bala numa possível incursão.

Na madrugada desta quarta-feira as equipes de Araraquara e Matão se uniram para poder fazer o cerco ao sítio, inclusive com o apoio aéreo do Helicóptero Águia da Polícia Militar.

O cerco foi feito e “Chambinho” foi preso em sua residência. Com ele estava Grasiele Cristina Andrioli da Cruz, 23 anos, arrolada por associação ao tráfico. No local foram encontrados R$ 628,00 em dinheiro, 3 celulares, documentos falsos com fotos do suspeito e com nome de ‘André Cristiano Maurício’, 2 GPSs, tesoura e embalagens para droga, além de 5g de cocaína e dois frascos de carbonato de cálcio.

O que mais chamou a atenção da Polícia, no entanto, foi a pistola Taurus .380 com dois pentes municiados, totalizando 26 projéteis intactos.

Flavio tem contra si Mandado de Busca e Apreensão que já consta condenação com pena que ultrapassa 20 anos de reclusão.

Após a apreensão a Polícia Militar empreendeu buscas na cidade de Matão com vistas ao vulgo “Dê”, cujas informações davam conta de associação ao tráfico também, e ligado ao suspeito preso, que faria parte de uma facção criminosa com base no estado de São Paulo.

No Jardim Paraíso foram encontrados Anderson Henrique Fernandes, 24 anos, e uma mulher, Aline Naiara Simões, também de 24 anos. Além dos indiciados foram apreendidos: 1 notebook, 6 celulares, 2 agendas, 1 faca de caça e R$ 3.386,00 em dinheiro.

Grazieli e Aline foram encaminhadas para a Cadeia Feminina de Santa Ernestina; “Chambinho” e “Dê” foram encaminhados para a Cadeia Pública de São Carlos.

Nossa equipe conversou com o Comandante da Operação, Capitão Henrique, e com o Comandante da 4ª CIA de Matão, Tenente Lopes. Confira os detalhes na reportagem de Fábio Pereira.

Autor da Matéria:

Fábio Pereira

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

 

11c3c665 C429 4bfd Aa17 42dbd827e157
37b033ea 82cc 44f8 8233 7fef525adfb7
3d50e847 E99f 4403 887d 179c84260933
426bd7bf Ccef 4d62 A3f4 91c568dea36e
631690d7 7547 402d 9757 D36c933ba13a
IMG 3294 Fb1d9c2c12
A6fff870 4907 41d5 8f25 681fd07b7978

Lido 17847 vezes Última modificação em Quinta, 27 March 2014 10:57

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.