Terça, 19 March 2019 13:45

Relatório atesta a qualidade da água distribuída em Matão Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

atestado aguaConcessionária supera em 35% o número de análises laboratoriais obrigatórias

 

 

 

Insípida, inodora, incolor, potável e segura, esta é a água fornecida diariamente à população matonense, com qualidade certificada pelas 31.327 análises laboratoriais realizadas ao longo do ano de 2018, disponibilizadas online no Sistema Nacional de Vigilância e Qualidade da Água (SISAGUA) e enviadas mensalmente pela concessionária Águas de Matão ao Centro de Vigilância Sanitária, um dos principais órgãos fiscalizadores do município, bem como para a secretaria de Meio Ambiente. Nesta semana, os usuários poderão conferir os resultados e os parâmetros avaliados, que estão disponibilizados no Relatório Anual da Qualidade da Água e distribuídos à população.

O documento consiste em uma apresentação dos resultados obtidos por meio dos ensaios laboratoriais feitos pela equipe técnica da Águas de Matão, no período de janeiro a dezembro do ano passado. No total, a concessionária executou, neste intervalo, 31.327 análises laboratoriais, sendo 14.899 da rede de distribuição de água e 16.428 do reservatório, que representam a realização de 35,05% a mais do que as 23.196 análises laboratoriais exigidas pela Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde.

No relatório, os usuários têm acesso a informações como os níveis de pH (que identifica se a água é ácida, neutra ou alcalina), turbidez (que reflete o grau de transparência), cor aparente (que mede o grau de coloração), flúor (adicionado para a prevenção de cárie dentária), cloro residual (utilizado no processo de desinfecção, que tem a função de eliminar  agentes patogênicos causadores de doenças, tais como microrganismos), além dos parâmetros microbiológicos que avaliam a presença de coliformes totais e fecais, que indicam a existência de bactérias nocivas ou não no processo final de tratamento.

Para obter um controle de qualidade mais rigoroso, o processo de análise envolve a coleta da água nos reservatórios e nas redes de distribuição, por meio dos PCQs – Pontos de Controle Químico. Além disso, o técnico de laboratório realiza também uma verificação in loco para aferir a dosagem de cloro e flúor existentes naquele ponto a fim de efetuar eventuais ajustes.

“Trabalhamos com a premissa de aperfeiçoar continuamente nossa linha de pesquisa, para obter um controle de qualidade cada vez mais rigoroso. Para isso, além dos investimentos em tecnologia especializada, nossa equipe analítica está sempre atenta às legislações e atualizações dos métodos de estudos. Para nós, garantir a distribuição de uma água de qualidade é contribuir diretamente com a diminuição dos índices de doenças de veiculação hídrica e, desta forma, promover mais saúde e qualidade de vida à população”, explica Pedro Paulo de Oliveira, técnico de laboratório da Águas de Matão.

Os usuários podem solicitar o relatório diretamente na Loja de Atendimento ou conferir pelo site:  http://www.aguasdematao.com.br/downloads/?did=21

atestado agua

atestado agua 2

Portal de Notícias Hora1
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2016 - Portal de Notícias Hora1 (Portal Process). Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do proprietário dos direitos de conteúdo.
Lido 208 vezes Última modificação em Terça, 19 March 2019 13:53

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.