Quarta, 13 June 2018 16:25

Violência Doméstica no Portal Terra da Saudade Destaque

Escrito por
Avalie este item
(3 votos)

Capa violenciadomesticanaoMulher teve fratura na braço e ficou internada para cirurgia. O autor da violência disse caiu sobre a vítima.

 

 

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, eram cerca de 18h50 quando a PM foi chamada para atender a mais um caso de Violência Doméstica no Portal Terra da Saudade.

A vítima, uma dona de casa de 38 anos, foi conduzida ao Pronto Socorro pela Unidade de Resgate do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, e permaneceu internada para cirurgia no braço. Ela estava com fortes dores.

O agressor, um pedreiro de 28 anos, disse que tentou pular uma janela e, quando teria sido puxado pela vítima, teria caído sobre ela, o que teria causado a lesão.

A filha da vítima, uma estudante de 15 anos, disse ter visto o padrasto usando drogas defronte a residência e também quando ele teria jogado a vítima, mãe dela, contra os móveis da casa, além de tê-la jogado no chão e a puxado pelo braço.

A jovem contou, ainda, que o agressor teria se apoderado de uma faca e ameaçado de morte o irmão dela.

O pedreiro foi preso pelos Policiais Militares Marcelo e Maelson e conduzido ao Plantão Policial, onde o delegado Dr. Marlos Marcuzzo ratificou a voz de prisão com base na lei Maria da Penha e encaminhou o valente para a Cadeia Pública de Santa Ernestina.

Fonte de Informações: Boletim de Ocorrências - Polícia MIlitar

 

Autora da Matéria:
Amanda Pereira
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2016 - Portal de Notícias Hora1 (Portal Process). Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do proprietário dos direitos de conteúdo.
Lido 1255 vezes Última modificação em Quarta, 13 June 2018 16:30

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.