Sexta, 13 April 2018 10:34

Estagiária foi agarrada na manhã desta quinta-feira (12) Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Capa assedioA moça vinha sofrendo importunação do homem com palavras ofensivas de cunho sexual e nesta manhã (12) tentou agarrar a vítima.

 

Segundo consta em Boletim de Ocorrência, a vítimta, uma estagiária de 19 anos, moradora da Vila Buscardi, disse que há dias estava sendo importunada por um sujeito que a chamada de “gostosa” e outras palavras de cunho sexual.

Nesta manhã de quinta-feira (12) o agressor, armado com uma faca, tentou agarrá-la e poderia violenta-la.
O namorado da vítima estava à espreita e interveio chamando a PM, soldados Marcelo e Everton, que apreendeu o agressor, um Calheiro de 37 anos, morador do Alvorada.

Ele negou o fato, mas foi autuado por Oportunação violenta ao pudor. Além das passagens que ele já tem por Homicídio, Lesão Corporal e vário processos. Ele deixou a cadeia no ano passado e deverá se apresentar ao fórum e deverá ser preso em breve.

Ele foi ouvido e liberado.

 

Fonte de Informações: Boletim de Ocorrências da Polícia Militar

 

Autora da matéria:
Amanda Pereira
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Informações adicionais

  • Aviso: © Copyright 2016 - Portal de Notícias Hora1 (Portal Process). Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação falado ou televisivo, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do proprietário dos direitos de conteúdo.
Lido 3658 vezes Última modificação em Sexta, 13 April 2018 10:46

2 comentários

  • Link do comentário Ivone Sábado, 14 April 2018 13:08 postado por Ivone

    Da forma como ocorreu, foi flagrante ? então ele não deveria ficar preso até julgamento ?

    Relatar
  • Link do comentário maguinussem Sexta, 13 April 2018 13:56 postado por maguinussem

    tem que mostrar a foto desses FDP, assim a população fica informada e esperta com eles

    Relatar

Deixe um comentário

Comente à vontade, apenas ressaltamos que nosso Portal Hora1 (Process) não aceita ofensas gratuitas, palavrões e expressões que possam configurar crime, ou seja, comentários que ataquem a honra, a moral ou imputem crimes sem comprovação a quem quer que seja. Seu comentário será aprovado em até 12 horas a partir da postagem.